Biblioteca


A pulsão em Freud e Lacan (parte I)

  • do Rio Teixeira, Marcus

    Se a teoria psicanalítica nos ensina que o corpo do falasser é desnaturado, que não é um corpo animal; se a clínica nos mostra que ele se distingue do organismo, que não pode ser reduzido a sistemas de órgãos regidos pelo funcionamento fisiológico; cumpre definir conceitualmente de que forma se organiza esse corpo.

Corpo e Pulsão

  • do Rio Teixeira, Marcus

Antes de tudo, é necessário explicitar a que estamos aludindo ao falarmos de corpo, evitando dessa forma nos referirmos ao corpo no sentido do senso comum: um dado evidente, cuja mera evocação responderia às questões sem necessidade da teoria.

O objeto da pulsão

  • do Rio Teixeira, Marcus

Dentre os conceitos elaborados por Lacan, o objeto a talvez seja o que apresenta a maior dificuldade na sua definição, uma vez que na sua vertente real ele não faz parte do campo das percepções, não é um objeto da realidade.

Por uma teoria lacaniana das pulsões

  • Laznik, Marie-Christine

No Seminário 11, Os quatro conceitos fundamentais da
psicanálise, Lacan faz uma longa retomada do texto de Freud de
1915, As pulsões e suas vicissitudes. Trata-se para Lacan de
uma releitura da primeira teoria das pulsões à luz da segunda.

Palavras-chave

© Campo Psicanalítico - Todos os direitos reservados
carlosedu