Biblioteca


Conexões teóricas entre performatividade, corpo e identidades

  • Pinto, Joana Plaza

Com base nas interpretações que Derrida (1990) e Butler (1997; 1998; 1999) fazem dos estudos de atos de fala de Austin (1976), este artigo discute as conexões teóricas entre performatividade, corpo e identidades. Uma visão performativa radical da linguagem propõe o corpo como elemento explicativo na análise das práticas identitárias. Os atos de fala repetidos dentro de um quadro normativo rígido constituem as identidades - atos ritualizados de um corpo que fala.

O império do semblante

  • Teixeira, Marcus do Rio

A abordagem do tema da diferença sexual a partir da teoria psicanalítica implica defrontar-se com a questão de como e por que os seres da linguagem se identificam como “homens” e “mulheres”, de acordo ou não com o seu sexo anatômico.

Os gozos – Sobre duas dicotomias presentes no Seminário 20: Mais, ainda

  • Teixeira, Marcus do Rio

O objetivo deste artigo não é elaborar um histórico do conceito de gozo em Lacan, tampouco pesquisar suas origens no Genuss freudiano. Certamente há vários textos que traçam esse percurso de forma inteligente e correta.

Palavras-chave

© Campo Psicanalítico - Todos os direitos reservados
carlosedu